Veja a repercussão do adiamento da Olimpíada 2020 entre atletas

A Olimpíada, que aconteceria no Japão em 2020, precisou ser adiada para o ano que vem por conta da pandemia que está acontecendo no mundo todo com o coronavírus. Este é um evento muito esperado pelos atletas e pessoas de vários países diferentes.

O adiamento gerou uma grande repercussão entre as pessoas. Com a necessidade de ter uma quarentena social, muitos atletas tiveram os treinos interrompidos e não estariam totalmente preparados para a competição mais esperada do ano.

Ainda assim, a organização do evento não tinha feito o comunicado oficial de que mudaria a data. Somente na última terça-feira, dia 24/03, que foi anunciado oficialmente a mudança. Alguns comentários foram expostos em relação a essa decisão.

olimpíada
Fonte: (reprodução/internet)

Mas como os atletas e as confederações reagiram a tudo isso? Como vai ficar a programação daqui pra frente? É exatamente sobre isso que iremos falar um pouco mais neste artigo.

A história das Olimpíadas

Você sabia que as Olimpíadas surgiram antes de Jesus? Exatamente, mais ou menos no século VIII antes de Cristo, lá na Grécia, na cidade de Olímpia, começavam alguns jogos e pessoas de todos os lugares viajavam para participar das competições.

Um dos primeiros esportes a fazer parte dessa competição foi a corrida, mas ela não era como nós conhecemos atualmente. Os atletas não corriam apenas de shorts e blusas, eles precisavam correr com as armas e as armaduras de um soldado que ficava na linha de frente do exército.

Evento acontece a cada 4 anos

As lutas também faziam parte, mas tinha lá sua peculiaridade, assim como as corridas. Dentre os tipos que os atletas praticavam, existia uma que os golpes precisavam ser pontapés e socos. Um pouco parecido com o que temos hoje, porém mais agressivo.

Com algumas alterações nos esportes e inclusão de outros que foram surgindo, as Olimpíadas passaram a ser um dos eventos mais esperado. Hoje elas acontecem a cada quatro anos e atletas do mundo todo participam.

O que os atletas acharam da mudança?

Muitos atletas comentaram em suas redes sociais sobre essa atitude do COI – Comitê Olímpico Internacional, em adiar os jogos para 2021. Ainda não tem uma data definitiva, mas eles afirmaram que acontecerá até o verão de Tóquio do ano que vem.

Todos estão com o coração partido por ter que adiar esse sonho, porém eles entendem que é o melhor a se fazer agora e vão aproveitar para treinar um pouco mais, por mais que nesse momento não devamos sair de casa. É hora de se reinventar. Um dos nossos atletas da ginástica olímpica, Arthur Nory, comentou o fato em seu Instagram:

“Tóquio 2021 já é uma realidade, continuamos treinando dentro das nossas possibilidades aguardando o tão esperado sonho. Vamos ficar em casa porque a festa ano que vem será linda!”.

Ao final, Nory ainda mandou um recado para a galera “LAVE AS MÃOS e FIQUE EM CASA.”

olimpíada
Foto: (reprodução/internet)

Conclusão

É bem estranho ver tantas competições e eventos sendo alterados, sabemos disso. Mas tudo é para que esse vírus não se espalhe ainda mais. Devemos viver hoje pensando em como isso pode ajudar amanhã. Então, até que não se tenha um remédio ou vacina que previna os efeitos do coronavírus, fiquem em casa!