Suzann Pettersen – toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela

Todos os esportes podem e devem ser praticados por mulheres. No entanto, devido a uma herança cultural que vem a um bom tempo, alguns esportes ainda são dominados por homens. O golfe é um deles. No entanto, hoje você vai conhecer uma golfista que merece atenção.

O nome dela é Suzann Pettersen e você vai entender porque ela é uma das principais mulheres do mundo que tem ajudado nessa revolução dentro do esporte.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Quem é Suzann Pettersen

Ela nasceu em abril de 1981 e é uma golfista profissional da Noruega que joga nos principais torneios do esporte no mundo, o chamado Circuito LPGA. A maioria deles acontecem nos Estados Unidos. Ela também joga no Circuito Europeu Feminino de Golfe.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

O seu melhor ranking foi um 2ª lugar que ela alcançou em posição mundial por várias vezes, como entre agosto de 2011 e fevereiro de 2012. Atualmente, ela tem 40 anos. Nascida em Oslo, capital do seu país, ela se profissionalizou em 2000 e já soma 22 títulos na carreira.

O esporte se tornou paixão a partir dos pais, Axel e Mona. Ela tem mais dois irmãos, Stefan e Gunerius e é parente do comerciante local Gunerius Pettersen.

A carreira de Suzann Pettersen

Antes de se profissionalizar, ainda como amadora de golfe, Suzann venceu 5 vezes o Campeonato Amador de Golfe Norueguês, entre 1996 e 2000. Após isso, se profissionalizou, mas não sem antes vencer o British Girls Championship de 1999.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Entre 1998 e 2000 foi a principal representante da Noruega no Troféu Espírito Santo, sendo líder individual em 1999. Foi representante europeia na Copa Ryder Junior em 1997 e 1998. E aos 19 anos já brilhava entre as profissionais.

E vale lembrar que o auge dela aconteceu nos anos 2000. Em 2007, por exemplo, ela esteve na 3ª posição do ranking mundial. Lugar que só não foi melhor do que 2011 e 2013, quando ela esteve no 2º lugar. Porém, a partir disso, ela vem caindo e hoje está bem longe disso.

As vitórias no majors de Pettersen

Como profissional, ela tem duas vitórias em torneios majors, sendo que a primeira aconteceu no Campeonato da LGPA de 2007 e a outra foi em 2013, no Campeonato Evian. Mas, considerando todas as vitórias, ela tem 15 vitórias e 105 top 10 no Circuito LPGA.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Fora isso, foi vice-campeão no Aberto dos Estados Unidos no ano de 2010 e ficou em 6º lugar no ano de 2009. Também foi a segunda colocada Campeonato da LPGA de 2012 e ocupou a terceira posição nos anos de 2011 e 2013. Veja uma lista das principais conquistas dela:

  • 7 Vitórias Ladies European Tour;
  • 15 Vitórias no LPGA Tour;
  • 2 Vitórias em outros (McDonald’s LPGA e Evian Championship).

Nesses mesmos anos (2011 e 2013) foi a quarta colocada no Aberto Britânico. Em 2007, ficou na segunda posição do Campeonato Kraft Nabisco. O mesmo em 2008 e 2010. No Aberto do Canadá, em 2009 e no Match Play da LPGA de 2011 ela também foi bem. 

Suzann entre as jogadoras com mais vitórias no LPGA

É bacana dizer que ela pode não ser a maior jogadora de golfe do mundo. No entanto, está na lista entre elas. A disputa sempre acaba tendo norte-americanas no topo, sendo que Kathy Whitworth já conquistou 88 vitórias e é a maior vitoriosa da competição. 

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Quebrando a regra das norte-americanas, vem uma sueca (Annika Sorenstam), australianas (Karrie Webb e Jan Stephenson), neozelandesa (Lydia Ko), uma mexicana (Lorena Ochoa), asiáticas (Se Ri Pak, Inbee Park e Ayako Okamoto) e a norueguesa Suzann Pettersen.

Ela tem 15 vitórias no LPGA considerando o período que vai entre 2007 e 2015. Por isso, ela é considerada a maior jogadora de golfe do seu país. E ela também fica bem considernado todos os majors femininos, com 2 títulos, sendo um PGA e um Evian.

Os maiores campeonatos femininos (majors)

Diferente do que acontece no golfe masculino, onde há apenas 4 grandes campeonatos majors, no feminino, são mais opções. 

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Além do PGA, que é o maior deles, também tem o ANA Inspiration, o US Open, o The Open British, o du Maurier (CP Women’s Open), os Titleholders Championship, o Women’s Estern Open e o Evian Championship.

Atualmente, a norte americana Patty Berg é a que mais detém títulos considerando todos eles. Ela soma 15 vitórias, sendo a maioria no Titleholers e no Eastern.

As participações pela seleção

Representando a seleção europeia, a Suzann esteve em 7 edições da Copa Solheim, desde 2002, alcançando 19 pontos em 33 partidas. Também esteve na Copa Lexus com a equipe internacional e obteve 5 pontos em 9 partidas.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Já nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, ela terminou em 10º lugar, com a camisa da seleção norueguesa.

Suzann Pettersen é rica?

Uma das dúvidas que as pessoas possuem é sobre o dinheiro que a golfista tem. Afinal, esse é um esporte elitizado e que paga bons prêmios aos vencedores. Sendo a Suzann uma jogadora de destaque, será que ela se tornou rica, milionária?

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

A verdade é que conforme informações da imprensa, ela soma um total de 1.209.331 euros na carreira, sendo que considera os principais eventos sancionados pela LPGA. Para se ter uma ideia, no ano da profissionalização, ela ganhou apenas 2 mil euros.

Mas, no ano seguinte, em 2011, ela obteve um ótimo resultado, sendo a segunda jogadora que mais ganhou dinheiro com o golfe no ano, sendo 211.472 euros. Depois, ela teve altos e baixos. O ano de 2013 foi o melhor nesse sentido, com 518.449 euros na conta dela.

Para saber mais sobre a Suzann Pettersen

Um dos meios mais usados para saber sobre a jogadora é usando as redes sociais. Atualmente, ela ainda faz parte do grupo de jogadoras de golfe profissional e, inclusive, é patrocinada pela Nike. No Instagram dela dá para saber sobre tudo isso.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Por lá, ela possui quase 600 publicações, sendo mais de 42 mil seguidores. As últimas 10 postagens dela no feed foi sobre o golfe. Aliás, é nessa página que ela faz a propaganda do livro, que é autobiográfico, chamado de “Tutta – Sem Coragem, Sem Honra”.

O futuro de Suzann Pettersen

Hoje, ela ainda joga golfe. Porém, todos sabem que já não é com o mesmo empenho e performance de antes. Por isso, ela é considerada uma atleta aposentada. Ainda assim, não largou o golfe e atualmente faz o papel de embaixadora do golfe sustentável.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Durante os 20 anos da carreira, ela foi um dos principais nomes do esporte, sempre visando a popularização e o conhecimento sobre ele. Com representatividade direta para a Noruega, em seu país, ela venceu o prêmio de Atleta Feminina do Ano em 2007, 2009 e 2013.

Curiosidade: conheça também Patty Berg

Acima a gente citou o nome dela, você notou? A Patty é o principal nome do golfe entre as mulheres. Ela era uma norte-americana que morreu aos 88 anos que venceu mais vezes o Circuito, somando 15 vitórias e batendo o recorde que ninguém mais conseguiu superar.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Nascida em Minneapolis, Minnesota, ela morou a maior parte da vida na Flórida. Formada na Universidade da sua cidade natal, ela se tornou profissional do golfe em 1940 e conseguiu 63 vitórias profissionais na carreira. Só em LPGA foram 60. Veja os títulos dela:

  • 7 Western Open;
  • 7 Titleholders Championship;
  • 1 US Open.

É por esses resultados que ela tem prêmios como o fato de estar no Hall da Fama do esporte desde 1951. Além disso, venceu o LPGA Vare Trophy em 6 ocasiões e tem o prêmio Bob Jones de 1963 e o Patty Berg de 1990. O que pouca gente sabe é que ela tem uma história de superação.

A superação de Patty Berg

No começo da carreira, ela ganhou 29 títulos amadores. Então, se profissionalizou em 1940. O problema é que em 1941 sofreu um acidente, onde quebrou o joelho. Durante a recuperação, ela atuou no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e se tornou segunda-tenente.

Suzann Pettersen - toda mulher que quer jogar golfe deve conhecer ela
Foto: (reprodução/internet)

Assim, serviu na Reserva da Marinha em 1942 e até 1945. E quando menos se esperava, ela voltou a jogar em 1943, enquanto ainda estava na Marinha, no corpo Reserva. Nesse mesmo ano, logo ao retorna, venceu o Women’s Western Open.

Outras golfistas para conhecer

Se você gostou das duas histórias que contamos acima, sobre a norueguesa que é destaque em seu país e hoje atua no golfe sustentável, e também sobre a maior vencedora de todos os tempos no LPGA, então, é hora de saber que há ainda outras menções a serem feitas. Ao menos, você precisa conhecer três delas.

Karrie Webb é da Austrália. E é a jogadora ativa, que ainda joga, com mais vitórias no LPGA Tour, sendo um total de 41. Inbee Park é da Coreia do Sul. Ela tem 7 campeonatos importantes na carreira e é bem jovem, com 33 anos. Annika Sorenstam é da Suécia e ganhou o ANA, o PGA, o US Open e o The Open British. Incrível, não? Hoje, está aposentada.