Esses são os esportes de origem japonesa mais antigos no Planeta

Sempre que falamos em um esporte famoso que tem origem no Japão, a gente acaba lembrando das lutas, não é mesmo? Seja por conta dos filmes famosos que Hollywood lança ou porque os nomes nos remetem a essa origem. 

Um dos pontos mais curiosos que vários esportes foram sendo desenvolvidos a partir de técnicas antigas. Assim sendo, chegamos ao século 20 com o Aikidô, que veio de outro esporte lá do século 14, por exemplo. Deixamos a lista em ordem do mais recente para o mais antigo. Leia, descubra e surpreenda-se.

Esses são os esportes de origem japonesa mais antigos no Planeta
Fonte: (Reprodução/Internet)

Aikidô (Século XX)

Mais uma arte marcial japonesa que trouxemos aqui é o Aikidô. Ela foi desenvolvida pelo Mestre Morihei Ueshiba entre os anos de 1930 e 1960. Portanto, estamos diante de um dos esportes mais recentes do Japão. A curiosidade é que ele foi desenvolvido por vários anos.

Ao passo que era visto como uma filosofia de vida que buscava a paz universal. Mais tarde, evoluiu para o conceito de artes marciais. Sendo assim, entre 1920 e 1930, ele unia vários estilos de artes marciais que já existiam. 

A denominação oficial que se conhece hoje vem de 1942, quando a Grande Casa das Excelências Marciais do Japão fez uma centralização das artes marciais do país. Uma curiosidade é que através do ator americano Steven Seagal, o esporte foi difundido em toda Hollywood.

Judô (Século XIX)

O judô é uma arte marcial criada no Japão, que hoje é vista como esporte. O seu desenvolvimento primário se deu pelo Jigoro Kano, no ano de 1882. Uma curiosidade que poucos sabem é que vem do jiu-jitsu. Assim, o foco é usar técnicas de defesa pessoal. 

Além disso, acaba sendo parte do treinamento o fortalecimento do corpo, do físico e da mente, de forma integrada. No Japão, se tornou um esporte oficial no século XIX. Jigoro era estudante de educação física e teve a ideia do judô aos 23 anos. 

A polícia japonesa também incluiu os treinos de judô como opção para os seus profissionais se prepararem para o trabalho. Tornou-se esporte olímpico em 1972, após ser considerado, em 1964, como o esporte mais popular do Japão. 

Caratê (Século XVIII)

Junto com o judô, o caratê é o esporte de origem japonesa mais conhecido no mundo. Ele é uma arte marcial que foi criada a partir do povo indígena de Okinawa e foi influenciado pela arte da guerra chinesa, de lutas japonesas e de disciplinas orientais. 

Okinawa está entre o Japão e a China, bem no Mar da China Oriental. Assim, a região tem cobiça de ambos os países. O caratê foi desenvolvido na camada mais pobre do país asiático, sendo formada por agricultores e pessoas da pesca. E só depois o povo guerreiro aderiu a luta.

Hoje, o caratê é visto como uma arte marcial de autodefesa originária do Japão, sendo que a palavra tem significado próximo a “mão vazia”. Assim, a luta ensina golpes sem armas, inclusive, com a possibilidade de desarmar o oponente. O surgimento data do século XVIII.

Kenpõ (Século XVII)

Aqui também há curiosidades que precisam ser contadas. O Kenpo é mesmo uma espécie de variação do Kung Fu, que tem origem chinesa. Tudo começou quando duas famílias japonesas trouxeram a versão para Kyushu, no Japão.

Assim, a arte foi mantida dentro das famílias por um tempo, mas gradualmente foi sendo modificada até chegar no Kenpo. Isso levou cerca de 200 anos para acontecer. Curiosamente, em 1916 um garoto de 5 anos foi enviado ao Japão para aprender a arte marcial.

Isso porque o tio dele era graduado, o Sensei Choki Motobu. James voltou para o seu país de origem e abriu uma escola de autodefesa com base nessas técnicas. A partir disso, surgiram ainda algumas variações, como o Kajukembo, o Kenpo Estadunidense, o Kenpo Havaiano, etc.

Sumô (Século XVI)

Para falar do sumô é legal a gente saber que junto com a origem de uma luta, ele também era visto como um ritual religioso dos xintoístas. Assim sendo, era como uma dança e não apenas uma luta de combate. E acredita-se que enquanto luta em ringue ele data do século XVI.

Desse modo, o sumô enquanto esporte profissional tem origem no período Edo do Japão, com fama no entretenimento. Logo, o que se imagina é que os lutadores originais eram samurais ou ronins, que precisavam encontrar formas de ganhar dinheiro. 

Assim, os torneios começaram a acontecer em 1684 em santuários. Depois, em Eko-in. Mas, foi em Osaka que ele ganhou maior fama no país oriental. Depois disso, foi difundido para Tóquio, Nagoia e Fukuoka. Atualmente, é considerada uma arte marcial japonesa moderna.

Kendo (Século XV)

Também entra na lista de artes marciais modernas, sendo que foi desenvolvida através de técnicas de combate com espadas, usadas pelos samurais do Japão feudal. Eles eram chamados de kenjutsu. Curiosamente, a espada é reverenciada no Japão e sempre foi.

Além disso, é uma espécie de tesouro divino, símbolo de nomeações. E o uso da espada tem data de 1350. Mas, foi a partir de 1460 que o Japão passou por guerras civis. Assim, a técnica de luta com a espada ganhou expressão, sendo estruturada no Kendo.

O Kendo também ficou conhecido na época no Kenjutsu. E várias escolas surgiram em todo país. Cada uma tinha a sua maneira de ensinar as técnicas. Entre as mais conhecidas, tinha a Tenshin Shoden Katori Shinto Ryu, Kageryu e Chujoryu.

Ju-Jitsu (Século XIV)

É sim o jiu-jitsu que a gente conhece hoje, só que de uma forma mais primária. Foi essa luta que original muitas outras, como o judô, que citamos acima e o próprio jiu-jitsu brasileiro, que hoje é um dos esportes mais usados em lutas oficiais de MMA, como é o caso do UFC. 

A arte marcial era praticada pelo povo bushi, que eram cavaleiros do Oriente. Só que o que precisa ser comentado aqui é durante os anos de 1860, após a Renascença Japonesa, os mestres do ju-jitsu perdem suas posições e são obrigados a migrarem de profissão.

Inclusive, em 1876 saiu uma ordem proibindo todos os samurais de usarem espadas. E isso colocou em declínio não apenas o ju-jitsu como todo tipo de arte marcial. Após isso, no entanto, o ju-jitsu foi visto como violento demais por permitir golpes baixos, por exemplo.

Naguinata-do (Século VIII)

É uma arte marcial que usa uma arma chamada naguinata. No entanto, o foco está todo no desenvolvimento pessoal do lutador. Assim sendo, a arma japonesa é composta por uma haste longa de madeira e uma lâmina metálica curva de gume na ponta. 

É algo próximo a uma alabarda. O comprimento dela é de 2 metros ou mais. Atualmente, a luta ganhou uma variação chamada de Atarashii Naguinata, que é uma arte marcial japonesa moderna. As técnicas se resumem ao uso do corpo, da mente e da arma

Com base na história, as origens da naguinata se dá no período Heian, o que quer dizer a partir de 794 d.C. Essa arma era muito usada pelas Onna-bugeisha, que era mulheres guerreiras. Além delas, os sohei, os monges guerreiros, também usavam. 

Kyudõ (Século VII)

Essa talvez seja a maior curiosidade que você vai encontrar nesse texto. Imagine só uma luta que envolve arco e flecha. É isso que temos no Kyudo. Tanto é que a tradução se dá em “o caminho do arco”. E na prática temos uma arte marcial japonesa do tiro com arco.

A outra curiosidade é que essa é considerada a arte marcial japonesa mais antiga do mundo, já que tem referências históricas que vem desde o século VII. O propósito da luta é desenvolver a pessoa no âmbito físico e mental. Até hoje, no Japão, há arqueiros do kyudo.

Referente à história, o que se sabe é que o arco foi uma arma de guerra que era comum nos séculos XII e XVI. A partir disso, o tiro foi introduzido no século VI, sendo como forma de corte. Logo, houve a união das técnicas para se criar a prática com o arco japonês. 

Curiosidade – O xadrez japonês

Para não dizer que falamos apenas de artes marciais, saiba que o shogi (ou xadrez japonês) é um esporte que foi criado lá. No entanto, acredita-se que essa criação veio com base na versão inicial do chaturanga, que era um jogo de tabuleiro indiano

Esses são os esportes de origem japonesa mais antigos no Planeta
Fonte: (Reprodução/Internet)

Mas, vale lembrar que o xadrez japonês nasceu antes do xadrez europeu, por exemplo. Ao menos, é o que acreditam os estudiosos. Assim, a história diz que esse xadrez chegou ao Japão no período Nara, a partir do ano 700. O que se sabe é que é uma versão bem diferente do outro xadrez.  

O esporte mais antigo do mundo

Para fins comparativos, saiba que a luta livre é considerada como o esporte mais antigo do mundo, tendo surgido, com base em pinturas francesas, em mais de 15 mil anos. Porém, há registros em cavernas também, com representação de 7 mil anos a.C.

Depois, ainda vem as corridas, o lançamento de dardos, o polo e o hóquei. Inclusive, o hóquei teve origem na Grécia Antiga, onde há imagens datadas em 600 a.C.