Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa

A Copa do Mundo é um evento esportivo que tem as suas próprias curiosidades. Agora, leve em conta que a arbitragem também tem a sua história nesse enredo. E muitos juízes ficaram famosos após a aparição em partidas de Copa do Mundo.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, há histórias de brasileiros nessa hora e de pessoas que, com certeza, você já ouviu falar antes. Bom, sem prolongar mais o assunto, vamos lá: continue lendo para saber as 10 principais histórias de árbitros em Copas do Mundo.

ANÚNCIO

1 – 1930 – O primeiro árbitro a apitar uma final de Copa do Mundo

Para um árbitro de futebol, esse é pódio. E John Langenus foi um belgo que chegou ao pódio. Foi ele quem apitou a primeira final de Copa. Curiosamente, ele também foi quem apitou o jogo de abertura da Copa do Mundo de 1938.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

Outra curiosidade do árbitro Langenus é que ele participou de partida de futebol, ainda como árbitro, nos Jogos Olímpicos de Verão, em 1928. Assim, pode-se dizer que é um árbitro que conseguiu uma tríplice coroa na carreira.

2 – 1950 – O primeiro árbitro inglês a apitar uma final de Copa

Aqui tem algumas curiosidades que vale a pena mencionar. Todos os primeiros árbitros a apitar final de Copa do Mundo foram europeus. O primeiro foi o John Langenus, da Bélgica. Depois, o Ivan Eklind, da Suécia e o outro foi Georges Capdeville, da França.

ANÚNCIO

Mas, em 1950 tivemos um inglês, o George Reader. E daí? Daí que depois disso a Inglaterra se tornou o país com mais árbitros em finais de competições da Copa. Na edição seguinte, outro inglês ficou responsável pela final, o William Ling.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

Em 1974 foi a vez de Jack Taylor apitar a final. E depois de muito tempo, em 2010, o Howard Webb ficou com o apito final da Copa. Desse modo, os ingleses apitaram por 4 vezes uma final de Copa, seguido de italianos, que ficara com o apito em 3 ocasiões.

3 – 1954 – O árbitro que apitou final de Copa e de Olimpíadas

A gente vai falar mais do William Ling, que é um árbitro inglês. Mas, para esse momento, considere que ele tem o mérito por ter sido o primeiro a apitar uma final das duas maiores competições esportivas do mundo: a Copa em 1954 e as Olimpíadas em 1948.

ANÚNCIO

Mais tarde, antes de chegar à Copa, ele também participou das Olimpíadas de 1952. Em termos nacionais, ele apitou o final da Taça da Inglaterra, em 1951 e fez parte do Milagre de Berna, um filme alemão que conta sobre a final da Copa de 1954.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

4 – 1958 – O árbitro que apitou 4 jogos de uma mesma Copa do Mundo

Maurice Fredéric Guingue é o nome da fera que vamos conhecer agora. O francês foi o primeiro árbitro a apitar 4 vezes durante uma mesma Copa do Mundo. Mais tarde, em 1990, o brasileiro José Roberto Wright faria o mesmo feito.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

Inclusive, o Wright, que é conhecido até hoje, atua como comentarista de futebol. A competição de 1990, que aconteceu na Itália, contou com ele em vários jogos, sendo que foi considerado o melhor árbitro do mundo naquele ano.

Mais tarde, Wright também ficaria conhecido por ter apitado duas finais de Taça Libertadores da América (1986 e 1991), sendo nesse currículo ainda se soma mais 8 finais de Campeonato Brasileiro de Futebol (1976, 1978, 1981, 1982, 1991 e 1992).

5 – 1982 – O primeiro árbitro não europeu a apitar uma final de Copa

O nome dele é Arnaldo César Coelho, que hoje é um ícone da Rede Globo, atuando como comentarista de árbitros em jogos internacionais e nacionais. E é isso mesmo que a gente leu no título do tópico: ele marcou história na arbitragem de copas do mundo.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

Isso porque a final da Copa do Mundo de 1982, o Arnaldo esteve na Espanha e apitou a finalíssima. Em outro jogo dessa edição da Copa, ele acabou dando o cartão amarelo a ninguém menos do que o craque argentino Diego Maradona.

Vale lembrar que em 1986, o Romualdo Arppi Filho também apitou uma final de Copa do Mundo, entre Alemanha e Argentina. Sendo que ele é um brasileiro também, só que bem menos conhecido do que o Arnaldo. Foi árbitro da FIFA entre 1963 e 1989.

6 – 1986 – O juiz que não viu a mão de Deus

Seria um erro a gente não considerar a “La Mano de Dios” como o jogador argentino Diego Maradona chamou o lance. Basicamente, para quem não se lembra, considere que ele marcou um gol com a mão, o que não é permitido.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

A partida era contra a forte seleção a Inglaterra e, sem dúvidas, é um dos erros da arbitragem que mais ficou conhecido na história de Copas do Mundo. Curiosamente, Ali Bennaceur era o árbitro, sendo o primeiro tunisiano a apitar uma quarta de final de Copa do Mundo.

7 – 1994 – O primeiro juiz a expulsar um goleiro em partida de Copa do Mundo

O ano é 1994. E, se você é brasileiro, com certeza, sabe muito das histórias dessa edição. Mas, pode ser que algo tenha passado batido. Ou seja, ainda existem algumas curiosidades que quase ninguém sabe e essa é uma delas.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

O nome do inglês que apitou o jogo é Hellmut Krug. Entre as boas aparições nas partidas de futebol como árbitro, ele se tornou o primeiro a expulsar um goleiro em Copa. Isso foi na primeira fase da Copa de 1994 e adivinha quem foi o vilão: o goleiro italiano Gianluca Pagliuca.

O cartão vermelho veio aos 21 minutos do primeiro tempo, quando ele tocou a bola com a mão fora da área que é permitida. Considerado um dos melhores goleiros italianos da década de 90, Gianulca jogou também em 1990 e 1998 pela seleção, sendo peça importante na Internazionale.

8 – 1998 – A primeira Copa do Mundo que teve salários altos para árbitros

Tudo bem que isso pode ter acontecido antes. Mas, foi a partir de 1998, durante a Copa do Mundo da França que as pessoas ficaram sabendo sobre os salários dos árbitros. Nesse caso, cada um dos juízes da final recebeu 25 mil dólares pelo jogo. E foi a primeira vez que um árbitro africano apitou a final, um marroquino: Said Belqola.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

Além disso, eles também tiveram hotéis (hospedagens) e passagens aéreas pagas pelos organizadores. Mais tarde, na Copa do Mundo da Alemanha, em 2006, de novo saiu na mídia a notícia sobre os salários dos árbitros da Copa.

Nesse ano, leve em conta que a FIFA pagou 40 mil dólares para cada juiz na final da competição. Os gastos totais da arbitragem também foram pagos pela entidade, sendo 13 milhões de dólares, incluindo remuneração, hospedagem e passagens.

9 – 2002 – O ano em que a Coréia do Sul chegou na semifinal por causa de árbitros

O ano de 2002 foi um ano bem diferente para quem gosta de futebol. Um dos motivos é que a Coréia do Sul chegou na semifinal da competição, algo que foi muito surpreendente. O que pouca gente se lembra é que a caminhada foi cheia de erros de arbitragem.

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

Um dos lances mais duvidosos e que mais beneficiou a seleção asiática foi um impedimento durante a prorrogação das oitavas de final, que foi contra a Itália. O árbitro era um equatoriano, o Byron Moreno. O jogador italiano Tomasi recebeu um lançamento que a bandeirinha marcou impedimento, mas ele não estava.

E tem mais! No mesmo jogo, o juiz anulou um gol de ouro da Itália. Depois, o italiano Francesco Totti foi derrubado dentro da área, o que caracteriza pênalti. Mas, o árbitro não marcou e ainda expulsou o jogador (2º cartão amarelo) por simulação.

10 – 2010 – Os árbitros que foram afastados da Copa

No ano de 2010, a gente teve uma Copa do Mundo com muitos erros de arbitragem. Inclusive, dizem que foi aí que se começou a pensar em usar o atual VAR (que é um tipo de modalidade que os lances são analisados em câmaras visando diminuir os erros dos árbitros).

Veja essas 10 incríveis curiosidades sobre os árbitros da Copa
Foto: (reprodução/internet)

O fato é que em 2010, dois juízes foram afastados da Copa do Mundo, sendo o uruguaio Jorge Larrionda. Ele não validou o gol da Inglaterra na partida contra a Alemanha. E o italiano Roberto Rosetti também foi afastado pelo fato de não ter visto o impedimento no jogo entre México e Argentina.

Curiosidade: Garrincha jogou uma final mesmo sendo expulso na semifinal

Essa é uma curiosidade da Copa do Mundo como um todo e não apenas da arbitragem. O que aconteceu é que no ano de 1962 ainda não havia muito a ideia de efeito suspensivo ou algo assim. Logo, Garrincha é um brasileiro que foi expulso na semifinal, contra o Chile.

Assim, com pedidos dos presentes dos países (João Goulart do Brasil e Jorge Alessandri, do Chile), o comitê da FIFA autorizou que o Garrincha, o jogador de pernas tortas, estivesse na final. E, nesse caso, o Brasil se consagrou bicampeão do mundo contra a Tchecoslováquia.