Copa Rio Internacional – Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues

A Copa Rio Internacional causa polêmica até hoje quando é citada. No entanto, você vai entender o que está por trás da competição, como ela surgiu e que fim levou. Afinal, estamos falando do que ficou conhecido como “Torneio Internacional de Clubes Campeões”. O ano era 1951.

Temos uma competição internacional de futebol, criada pelo irmão de Nelson Rodrigues, que foi disputada em dois anos seguidos e no Brasil. A polêmica está no fato de que em 2014, o campeonato passou a ser reconhecido pela FIFA, que é a atual Federação Internacional de Futebol. 

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

Como surgiu a Copa Rio

Ela foi idealizada pelo jornalista Mário Filho, que é irmão de outro jornalista, ainda mais famoso, o Nelson Rodrigues, que definiu a competição como um acontecimento do futebol mundial. Na época, a competição ganhou diversos apelidos devido ao fato de ser importante. 

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

Por exemplo, chegou a ser chamado de Campeonato Mundial de Clubes ou Torneio Mundial de Campeões. Depois, veio o nome de Copa Intercontinental. Mas o fato é que ficou chamado de Copa Rio porque mais tarde nasceriam os mundiais, como da FIFA em 2000.

O torneio tinha um formato que era bem parecido com o da FIFA, na primeira edição que foi criado, em 2000, aqui no Brasil. Ou seja, contava com 7 países. O que mudava é que as semifinais tinham partidas de ida e volta, assim como a final. Ou seja, não era jogo único.

A ideia de criar a Copa Rio

Apesar de que foi reconhecido como o primeiro mundial da FIFA, como veremos abaixo, saiba que essa não foi a primeira tentativa de se criar uma competição a este nível. Isso porque em 1909 e 1911 havia sido criado o Troféu Sir Thomas Lipton. 

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, a competição tinha apenas equipes europeias, logo, não faria sentido ser um mundial. Então, após a Copa do Mundo de Seleções de 1950, veio a ideia da Copa Rio. A ideia inicial era seguir a Copa do Mundo e ter 16 clubes. Porém, o número caiu para 8.

Vale lembrar que nessa época era bem complicado reunir clubes de vários continentes em um mesmo lugar. Além dos campeões dos dois estados brasileiros, São Paulo e Rio, eram convidados os campeões de Portugal e dos países mais bem colocados na Copa do Mundo.

A Copa Rio não era da FIFA

Durante os dois anos que aconteceram, a Copa Rio foi considerada como uma organização da antiga CBF, a Confederação Brasileira de Futebol. O presidente da FIFA, na época, era Julies Rimet, que chegou a falar que a FIFA não se envolveria na competição. 

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

E a Copa não precisou da autorização para acontecer porque era um torneio entre clubes e não entre seleções. A importância desse protótipo de mundial viria mais tarde, como base para a criação da Copa dos Campeões da Europa e a Copa Intercontinental também. 

O reconhecimento da Copa Rio

O reconhecimento da FIFA sobre a Copa Rio de 1951 e 1952 aconteceu em 2007, sendo chamado de “primeira edição da Copa do Mundo de Clube das FIFA”. Porém, o comitê retraiu da decisão no fim do mesmo ano. 

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

Já em agosto no ano de 2014, Joseph Blatter, quem ocupa a presidência da FIFA, declarou que faria o reconhecimento da competição, com título do Palmeiras, como sendo um torneio mundial de clubes. Para isso, haveria a certificação de uma chancela.

Em comunicado, a entidade disse que “Em reunião realizada pelo Comitê Executivo da FIFA e pedido feito pela CBF, reconhecemos o título de 1951, como sendo o primeiro mundial de clubes da Europa e da América em nível mundial”. 

A Copa Rio de 1951

Na primeira edição da Copa Rio, a gente tinha o grupo do Rio de Janeiro formado por Vasco da Gama, Sporting de Portugal, Áustria Viena e Nacional do Uruguai. No grupo de São Paulo vinham Palmeiras, Nice da França, Juventus da Itália e Estrela Vermelha da Iugoslávia. 

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

As partidas aconteceram no Maracanã e no Pacaembu, sendo que Vasco, Áustria Viena, Juventus e Palmeiras se classificaram para as próximas fases. Com semifinais no Rio e em São Paulo, Palmeiras e Juventus fizeram as finais, com o clube brasileiro vencedor. 

Naquele ano, o Palmeiras contava com um elenco de peso, que tinha Fábio, Salvador, Juvenal, Túlio, L. Villa, Dema, Lima, Ponce de León, Canhotinho, Liminha, Jair Rosa Pinto e Rodrigues. Já a Juventus tinha o Viola, além de Praest e Bizzoto.

A Copa Rio de 1952

No ano seguinte, de novo organizado pela CBD, que é a antiga CBF, a competição teve 8 participantes. No Rio de Janeiro, havia o Fluminense, além do Penarol do Uruguai, o Grasshopper da Suíça e o Sporting de Portugal. 

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

Já em São Paulo, tinha o Corinthians, o Áustria Viena, o Libertad do Paraguai e o Saarbrucken da Alemanha. Nesse ano, porém, algumas equipes foram convidadas e não aceitaram participar, como Juventus da Itália e o Racing da Argentina. 

Fluminense e Penarol se classificaram em um grupo, Corinthians e Áustria Viena em outro. Assim, os dois clubes brasileiros chegaram na final e o Fluminense venceu. Ele tinha no elenco Jair, Edson, Bigode, Telê, Didi, Orlando Pingo de Ouro e Quincas. 

O período após Copa Rio

Vale lembrar que apesar das duas primeiras edições serem as únicas oficiais chamadas de Copa Rio, houve uma tentativa de manter a competição. Tanto é que em 1953 nasceu a Copa Rivadavia, que também era de organização da CBD e também chamada de mundial.

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

Jornais da época falavam em uma competição euro-sul-americana e não necessariamente em mundial, ainda que a competição tivesse esse viés. O fato é que o Torneio Octogonal Rivadávia Corrêa Meyer ou Troféu da Copa Rivadávia foi vencido por outro time brasileiro, o Vasco. 

A competição contou com o Botafogo, o Hibernian da Escócia, o Fluminense e o Vasco. No outro grupo, Corinthians, São Paulo, Sporting de Portugal e o Olímpia do Paraguai. O Vasco contava com Ernani, Sabará, Maneca, Pinga, Ipojucan e Dejair. 

A Copa Montevidéu

A Copa Montevidéu nascia junto com a Rivadávia. No entanto, os dois primeiros anos em que aconteceram, sendo 1953 e 1954, são vistos como amistosos. O fato é que tinha um sistema de liga, sendo todos contra todos. Após as duas primeiras edições, o evento retornou.

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

Assim, foi de 1969 até 1971, totalizando 5 edições. Todas tiveram os clubes do Uruguai dos campeões, sendo que Botafogo, do Brasil e Slovan Bratislava da Eslováquia ficaram com o vice-campeonato. Já os clubes uruguaios campeões e vices foram Nacional e Penarol.

A competição ainda contou com clubes como San Lorenzo e Velez Sarsfield, da Argentina. E também o First Vienna, da Áustria. Além de Alianza Lima do Peru e os brasileiros Corinthians, Cruzeiro, Fluminense, entre outros. 

Torneio Internacional Charles Miller

Quando a Copa Montevidéu teve o primeiro fim, após 1954, houve um hiato até que voltasse a acontecer, em 1969. Nesse meio tempo, surgiu o Torneio Internacional Charles Miller, que foi em 1955 e foi organizado, novamente, pela CBD, no Brasil. O sistema era de pontos corridos e contou com 6 equipes, incluindo as do Rio de Janeiro e de São Paulo. 

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

Assim, o evento que aconteceu somente em um ano teve Corinthians, América do Rio, Flamengo, Palmeiras, Benfica de Portugal e o Penarol do Uruguai. O Corinthians foi o que mais venceu e com 9 pontos ficou com o título. A grande novidade da época foi o América Carioca, que ficou na segunda posição, com 7 pontos. 

A Pequena Taça do Mundo

Considerando os anos de 1952 até 1975 houve mais uma tentativa de se criar um mundial. Nesse caso, a Pequena Taça do Mundo, que teve a novidade de levar os jogos para a Venezuela, que não tinha um grande clube de futebol até a competição.

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

O evento teve um hiato ficando sem jogos entre 1958 e 1962. Ainda assim, fez campeões como Real Madrid e Barcelona da Espanha, além de Corinthians e São Paulo do Brasil e Milionários da Colômbia. Benfica e Vitória de Setúbal de Portugal também venceram.

Depois, Valência e Atlético de Bilbao da Espanha, Alemanha Oriental e Sparta Praga, da República Tcheca. Apesar do viés de ser uma espécie de pequeno mundial, ele nunca ganhou essa fama e é visto como um torneio intercontinental da década de 1950.

O primeiro mundial organizado pela FIFA

Após essas várias tentativas de se criar um mundial de clubes, sendo uma maioria feita pela Confederação do Brasil, em 2000, a FIFA decidiu organizar ela mesma o campeonato. Assim, trouxe para o Brasil os campeões de seus respectivos continentes.

Copa Rio Internacional - Relembre a competição criada pelo irmão de Nelson Rodrigues
Foto: (reprodução/internet)

Entrou o Al Nassr, campeão da Ásia, por exemplo. Além dos grandes clubes, como Raja Casablanca, Necaxa, South Melbourne, Manchester United e Real Madrid. Do Brasil, foram Vasco, campeão da Libertadores e Corinthians, o campeão Brasileiro. 

Corinthians e Real Madrid se classificaram no grupo A, ambos com 7 pontos. Vasco da Gama e Necaxa venceram no grupo B, sendo o Vasco com 9 pontos. Os brasileiros chegaram na final e o Corinthians venceu, tornando-se o primeiro campeão do mundial de clubes da FIFA.

O atual mundial da FIFA 

Hoje em dia, a FIFA continua organizando o mundial de clubes. Assim, foram 17 edições, sendo que entre 2001 e 2004 não houve competição. A partir de 2005, sim e todos os anos. 

Os maiores campeões são da Espanha, sendo Real Madrid e Barcelona. Depois, vem o Corinthians e o Bayern de Munchen, com 2 títulos cada um. Entre os campeões, ainda tem o Internacional e o São Paulo, fora o Liverpool, o Milan, o Internazionale e o Manchester United.