Aguero: a dúvida em como o Man City poderia se alinhar contra Fulham

Depois de garantir o primeiro lugar no seu grupo da Liga dos Campeões, Pep Guardiola deve jogar com força total na visita ao Fulham. O Manchester City garantiu a primeira posição do Grupo C da Liga dos Campeões no meio da semana, com um empate em 0-0 em casa do Porto.

O resultado significa que Pep Guardiola pode colocar toda a sua atenção na próxima visita do Fulham, que está muito confiante depois de garantir sua segunda vitória na Premier League da temporada na última vez.

Os joagdores de Guardiola se encontram em um território desconhecido no momento, depois que um início lento para a nova campanha os deixou definhando na nona posição, seis pontos atrás do líder Tottenham – embora com um jogo a menos.

Foto: (reprodução/internet)

O avanço do Manchester City

Isso significa que o City provavelmente estará com força total no fim de semana, já que não pode correr nenhum risco, apesar da classificação humilde da equipe de Scott Parker.

Sergio Aguero perdeu os últimos dois jogos devido a uma lesão no joelho e pode regressar ao Fulham, embora Gabriel Jesus tenha descansado desde o início em Portugal e deva liderar a linha no Etihad.

Nathan Ake voltou ao banco contra o Porto, o que significa que Aguero é a única lesão em dúvida. Porém é improvável que Guardiola altere muito o time, dada a goleada impressionante de 5-0 sobre Burnley no último jogo da liga.

Foto: (reprodução/internet)

A formação do clube

O City, no entanto, poderia alinhar na formação preferida de Pep, 4-3-3, o que significa que Ilkay Gundogan ou Rodri seriam sacrificados pelos mais atacantes Phil Foden ou Bernardo Silva.

No entanto, espera-se que os campeões de 2018/19 se mantenham com a formação adotada em 4-2-3-1, o que significa que Raheem Sterling e Riyad Mahrez, que fez três gols contra Burnley, jogarão contra Kevin De Bruyne atrás de um central atacante.

John Stones terá esperança de manter seu lugar no coração da defesa depois de ser reconvocado para a visita da equipe de Sean Dyche, mas Aymeric Laporte deve ser o único a fazer uma defesa quatro, incluindo Kyle Walker, Ruben Dias e Benjamin Mendy.

Veja também: Neymar: ‘mudança de atitude’ salvou o sonho do PSG na Champions League

Traduzido e adaptado por equipe Esporte Certo

Fonte: Football Critic